Fábio Costa
Se faz necessário transpor a alma através das palavras.
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Resistência
          Fábio Costa

 
Alguns dizem que sou poeta,
Que o brincar com as palavras me cai bem;
Se ser poeta é driblar a dor de ser minoria
Sou poeta como ninguém.
 
Eu resisto é com a Palavra
Do Gênesis até o além.
Deito a pena no papel em branco
Ali sou gente, mesmo com o seu desdém.
 
Na resistência me faço essência
Do belo, do elo (duelo), da decência.
E mesmo que a carne chore preconceito
Resisto a tudo e a todos
 
Podem até matar o poeta,
mas não matam, jamais o meu poema.

Cabeças/1910 - de Pavel Filonov
Fonte: Google
Fábio G Costa
Enviado por Fábio G Costa em 29/10/2018
Comentários