Fábio Costa
Se faz necessário transpor a alma através das palavras.
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Áudios
Através de... (II)
          Fábio Costa
 
Há quem se revela pela palavra...
Há quem se revela pela escrita...
Dois modos que se completam
Desnuda a alma e enaltece a vida.
 
Há quem se diz forte...
Há quem se diz inteiro...
Mas contra alma poética,
Nem a razão vence o pensamento.
 
Há quem diz conhecer o outro...
E até julga saber seu lugar.
Há quem espera a abertura do outro...
Tentando encontrar o seu lugar.
 
Através do tempo, se entende...
Que o que se é não se vende...
Seja por amor torrencial...
Seja por amor complacente.
 
Através de suas palavras
Ou ausências recorrentes
Descobre-se um jeito de ser no mundo
Ou mesmo, um jeito de ser da gente.
 
Há, então quem negue...
Que a alma é tocada por quem ama...
Eu continuo afirmando o de sempre...
Na alma só toca quem é chama.
 
E se o desejo de querer se esvai...
Não há quem se encante em demasia...
Somente através do que se revela...
Eu irei imaginar o que se é, ou se era...
 
Então através de suas palavras ou ausências...
Sentirei o seu verdadeiro eu...
E saberei se fui chama que aquecia...
Ou vento que lhe afastou dos beijos meus.

 
Enviado por Fábio G Costa em 15/06/2017
Comentários