Fábio Costa
Se faz necessário transpor a alma através das palavras.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Algodão Doce

Prazer de viver o doce sentido
Da vida leve em casos antigos
Nostalgia do tempo que passou
E agora retorna tecendo o amor
 
Doce prazer de experimentar
A suavidade do seu sorriso
Que me encantou nas manhãs de domingo
E hoje são memórias, retorno do antigo
 
Derrete na boca a minha ilusão
De ser todo seu, o tempo todo
Os domingos não voltam mais
O amor devotado se esvai
Foi doce, tipo algodão
Foi doce, doce ilusão
 
Pe Fábio Costa
Enviado por Pe Fábio Costa em 14/02/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de Pe. Fábio Costa e o site www.facebook.com/ensaiopoetico). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários